sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Locuções que confundem

A definição de locução que nos interessa para esta Dica da Semana e que está no dicionário é a seguinte: “Conjunto de palavras que equivalem a um só vocábulo, por terem significado conjunto próprio e função gramatical única”.
Portanto, as locuções são a união de duas ou mais palavras que dão origem a uma expressão com sentido próprio. Além disso, as locuções podem ser de natureza adjetiva, adverbial, conjuntiva, interjeitiva, prepositiva, substantiva e verbal.
Hoje trataremos de algumas locuções que costumam confundir no dia a dia.


Haja vista, hajam vista, haja visto ou haja em vista?

“Haja vista” tem o sentido de "leve-se em conta", "considere-se", e não varia, mesmo quando seguida de outras expressões no plural. Assim sendo, “hajam vista” e “haja visto” são consideradas incorretas. No entanto, a expressão “haja em vista” é também usada com o sentido de “haja vista”. Vejamos alguns exemplos.

Haja vista o temporal, não deveremos ter treino.
A família deve se mudar logo, haja vista que as reformas na casa acabaram.
Ele é inocente, haja em vista a argumentação do advogado.

Ao invés de X Em vez de

A expressão “ao invés de” significa "ao contrário de", "ao revés de". Portanto, não deve ser confundida com a construção “em vez de”, cujo significado é "em lugar de" e não dá a ideia de uma coisa contrária à outra, de oposição, como a primeira. Porém, “em vez de” pode ser usada no lugar de “ao invés de” sem comprometer o sentido.
Exemplos:
Ao invés de entrar, saiu. / Em vez de entrar, saiu.
Os preços aumentaram, ao invés de baixar. / Os preços aumentaram, em vez de baixar.
Era um chefe piedoso ao invés de cruel. / Era um chefe piedoso em vez de cruel.
Em vez de carne, comprou ovos. (Carne não é o contrário de ovo, portanto “em vez de” não cabe aqui.)
Resolveu ligar para Ana, em vez de ligar para Pedro. (Ana não é o contrário de Pedro, por isso o “em vez”.)
Paguei R$ 150 pelo ingresso, em vez de R$ 100. (R$ 150 não são o contrário de R$ 100.)
(Fontes de pesquisa: Dicionário eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 1.0.7; Guia de Uso do Português, Maria Helena de Moura Neves, ed. Unesp; Manual de Redação e Estilo do Estado de S. Paulo, Eduardo Martins, ed. Moderna; revista Língua Portuguesa, ed. Segmento.)

Um comentário:

  1. Primeiro, parabéns pelo Blog. Sobre o haja vista, poderia me informar a página da gramática de Cunha e Cintra da qual retirou a informação?
    Saudações,
    J.

    ResponderExcluir